Histórias sem limites

  • Carmo – Voluntaria e instrutora

    Carmo

    Voluntária e instrutora

    A primeira coisa que notei foi que ela traz sempre um sorriso e os seus óculos de sol. Todos os dias. Não lhe importa muito se está chuva ou sol lá fora, ela usa sempre os dois: os óculos de sol e o sorriso. A primeira porque ela é cega, a segunda porque descobrimos como fazê-la feliz nas aulas de vela! Pode parecer difícil de entender…

    LER MAIS
  • Mariana – Voluntaria Vela adaptada

    Mariana

    Voluntaria Vela adaptada

    Um dia calhou vir andar comigo uma menina que não tinha qualquer vontade em tentar fazer as coisas porque achava que não era capaz. Então após duas tentativas, disse que todas as pessoas tinham de acabar por tentar mesmo que isso implicasse falhar.

    LER MAIS
  • Carol Rankin Mason - Voluntaria Vela adaptada

    Carol Rankin Mason

    Voluntaria Vela adaptada

    Comecei como voluntária um ano após o início do programa Vela Adaptada, nada sabendo sobre embarcações ou sobre a arte de velejar – e, para dizer a verdade, pouco ou nada ainda sei. Mas acompanho os nossos velejadores deficientes quando chegam às instalações e ajudo na sua preparação...

    LER MAIS
  • Luís Cruz - Voluntário na Vela Adaptada

    Luís Cruz

    Voluntário na Vela Adaptada

    Quando me reformei da vida do mar vi neste projeto a possibilidade de prestar à sociedade uma ajuda ao meu alcance complementando a minha colaboração de mais de 25 anos na altura com uma IPSS dedicada aos deficientes mentais. Nesta dúzia de anos já decorrida vim a verificar que não só podia trazer uma alternativa a pessoas carenciadas de estímulos e...

    LER MAIS
  • Andrew Bailey – Voluntário

    Andrew Bailey

    Voluntário

    A iniciativa do Clube nesta entre muitas actividades foi uma excelente decisão do ponto de vista do envolvimento social,  e humano. Desde o início o Clube nos apoiou nesta iniciativa que tem mostrado nos excelentes resultados alcançados. Seja uma atividade diferente, um novo desporto ou construção de confiança. Siga o lema...

    LER MAIS
  • José Ramos – Voluntário

    José Ramos

    Voluntário

    Sou voluntário da Vela Adaptada no CNC há 6 anos e cada vez me sinto mais realizado como ser humano e membro de uma sociedade solidária. Ao longo destes anos tem sido muito gratificante acompanhar a inequívoca evolução positiva dos utentes portadores de deficiência, quer a nível físico, quer a nível psicológico. Basta vê-los felizes para nos sentirmos compensados. 

    LER MAIS
  • Bruno Pereira

    Velejador

    Quando tinha três anos e meio, na sucessão de uma cirurgia a um tumor que tive na coluna, fiquei paraplégico do peito para baixo. Mas desde cedo os meus pais me obrigaram a ser independente e um dos importantes passos que tomaram foi pôr-me a fazer desporto. Comecei na natação com 5 e aos 9 comecei a competir. Consegui alguns títulos nacionais mas nada de...

    LER MAIS
  • Pedro Henriques Câncio Reis

    Velejador

    Já pratico vela ha 8 anos e têm sido 8 anos de aprendizagem pessoal principalmente. Ao contrario de muitos outros desportos a a vela exige do atleta a arte de velejar, ou seja exige do atleta paciência, muita paciência, capacidade de olhar o que o rodeia e avaliar o que pode usar em seu beneficio para assim poder criar uma estratégia para atingir o que pretende...

    LER MAIS
  • Ana Cunha

    Velejadora

    Profissionalmente sou organizadora de congressos, exposições e eventos. A minha deficiência foi provocada por um vírus que se alojou na medula o qual me provocou uma paraplegia incompleta, é uma doença rara e dá pelo nome de “Sindroma de Ellesberg”. Faço vela adaptada na Classe Access no Clube Naval de Cascais desde Junho de 2010, e entrei nesse mesmo ano...

    LER MAIS
  • Mihail Botnari

    Velejador

    Nasci na Moldávia e tenho 59 anos. Vim para Portugal em 2000. Em 2006, tive um acidente de trabalho no qual fiquei numa cadeira de rodas. Faço vela adaptada no Clube Naval de Cascais desde 2011 e realmente gosto muito. É uma actividade muito interessante e divertida. Participei em várias competições e regatas. Estou aproveitar ao máximo todas as oportunidades neste desporto...

    LER MAIS
  • Henrique Albino

    Velejador

    Nasci em Lisboa em 1951. Comecei a fazer vela no princípio dos anos 60 no CNCascais tendo como instrutor o Sr Carlos Pantaleao (ainda Voluntário da Vela sem Limites). Mantive sempre a prática da vela em Vaurien e Laser e mais tarde na vela de cruzeiro fazendo nos últimos anos parte da tripulação do skiper António Carvalho Fernandes fazendo inúmeras regatas...

    LER MAIS
  • 1